Professor explica como funciona método de avaliação do Enem e dá dicas para responder a prova


Docente destaca que candidatos que acertam o mesmo número de questões podem não tirar a mesma nota e aconselha não deixar nenhuma questão em branco. Escola disponibiliza simulado on-line com correção pelo método TRI; acesse. Primeira prova do Enem 2020 é neste domingo (17)
TV Globo/Reprodução
Você sabe o que é TRI? A sigla, que corresponde à Teoria de Resposta ao Item, método utilizado para avaliação dos candidatos ao Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Professor e diretor do Colégio Teo, em Goiânia, Rodney Otávio do Valle explica como ele funciona e dá dicas para como se programar e responder às questões.
A escola disponibilizou um simulado gratuito para que os candidatos possam responder, avaliar seus conhecimentos e receber a correção on-line pelo método TRI. Ele pode ser acessado através do link.
As provas impressas estão marcadas para 17 e 24 de janeiro. A aplicação da versão digital ocorrerá em 31 de janeiro e 7 de fevereiro.
Na prática, segundo o professor, nem todo candidato que acerta a mesma quantidade de questões tira a mesma nota. Isso porque o exame apresenta questões fáceis e difíceis, que têm pesos diferentes e leva em consideração a coerência.
“Ela é calculada considerando a probabilidade de cada candidato de acertar cada questão”, explica.
Para ter um melhor desempenho, o professor dá algumas dicas. Ele explica que é preciso ter atenção para não errar questões fáceis, não deixar nenhuma resposta em branco e, na dúvida, “chutar” qual a alternativa certa.
“Garanta os acertos, isso é fundamental. No final, volte para as questões que você não conseguiu fazer. Tente fazer. Não deu certo, chuta. Não deixa questão em branco. Cuidado não erre questões fáceis. Como? Prestando muita atenção no enunciado. Leia com muita atenção”, orienta.
Adicionar aos favoritos o Link permanente.