Quinta-feira, 17 de dezembro


Boa noite. Aqui estão as notícias para você terminar o dia bem-informado. Por dez votos a um, STF decide que vacinação contra Covid no país deve ser obrigatória, com sanções para quem não se vacinar. O ministro Ricardo Lewandowski autoriza que estados e municípios importem imunizantes usados em outros países caso a Anvisa não cumpra o prazo de 72 horas para autorização após o recebimento do pedido. O Ministério da Saúde prevê receber 24,7 milhões de doses de vacinas em janeiro. O estado de São Paulo decide manter aulas presenciais no ano que vem. E o Brasil volta a registrar mais de mil mortes por coronavírus em 24 horas.
Imunização no Brasil
Maioria do STF vota a favor de vacinação obrigatória
Por dez votos a um, o Supremo Tribunal Federal (STF) autorizou medidas restritivas para quem não se vacinar contra Covid-19. Para os ministros, a vacinação obrigatória não é imunização “forçada”. Eles entenderam que as medidas são necessárias porque a saúde coletiva não pode ser prejudicada por uma decisão individual. Apenas Nunes Marques divergiu em parte, afirmando que a obrigatoriedade deve ser adotada em último caso (veja como foi cada voto). No mesmo julgamento, a maioria da Corte rejeitou recurso com objetivo de desobrigar pais a vacinarem os filhos.
Em outra decisão do STF nesta quinta, o ministro Ricardo Lewandowski autorizou que estados e municípios importem e distribuam qualquer vacina contra Covid-19 com registro nas principais agências reguladoras internacionais caso a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) não expeça a autorização em até 72 horas após o recebimento do pedido.
Verba para vacina
VÍDEO: Brasil deve ter 31 milhões de doses de vacinas contra Covid em março, diz Pazuello
O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, afirmou nesta quinta que prevê receber 93,4 milhões de vacinas contra a Covid entre janeiro e março — 24,7 milhões em janeiro; 37,7 milhões em fevereiro; e 31 milhões em março. São vacinas de três fabricantes: AstraZeneca (vacina de Oxford), Instituto Butantan/Sinovac e Pfizer.
Mais cedo, o presidente Jair Bolsonaro assinou uma medida provisória que destina R$ 20 bilhões para o Plano Nacional de Vacinação contra a doença. Por se tratar de uma medida provisória, deve ser aprovada pela Câmara e pelo Senado em 120 dias, senão perde a validade. Em discurso após assinar o texto, Bolsonaro disse que o governo vai comprar todas as vacinas aprovadas pela Anvisa. Ele repetiu que as vacinas estarão à disposição dos brasileiros “de forma gratuita e voluntária”.
Bolsonaro diz que não tomará vacina e chama de ‘idiota’ quem o vê como mau exemplo por não se imunizar
Brasil da pandemia
O país voltou a registrar mais de mil mortes por Covid-19 em 24 horas: 1.054, segundo o consórcio de veículos de imprensa. Já são 184.876 óbitos desde o início da pandemia. Dezesseis estados e o DF têm alta na média móvel de óbitos: PR, RS, SC, ES, MG, RJ, DF, MS, MT, AC, AP, PA, AL, BA, PB, RN e SE.
Mais de 7,1 milhões de brasileiros já tiveram ou têm o novo coronavírus, com 68.832 desses casos confirmados no último dia — o segundo maior registro desde o começo da divulgação do consórcio.
Atriz Christina Rodrigues, do “Zorra”, morre depois de aguardar vaga em CTI no Rio
Medidas restritivas
Funcionários de bar na Vila Madalena, em São Paulo
Marcelo Brandt/G1
O STF derrubou liminar obtida por associação de bares e restaurantes e o governo de São Paulo retomou a proibição de venda de bebidas alcoólicas após as 20h. A medida, que prevê a lei seca à noite, é mais uma tentativa de conter a escalada de casos de Covid no estado.
Também nesta quinta, o governo paulista decidiu mudar as regras de flexibilização e autorizar o retorno das aulas presenciais da rede básica de ensino em 2021, mesmo se o estado registrar piora na pandemia. A nova norma estabelece retomada gradual em 4 de fevereiro.
Fachin concede prisão domiciliar a quem é do grupo de risco e está no semiaberto
📌 Covid no mundo
A presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, anunciou que a União Europeia começará a vacinar as pessoas contra a Covid-19 a partir de 27 de dezembro.
“Começaremos a vacinação o mais rápido possível todos juntos, todos os 27, no mesmo dia, da mesma forma que passamos por esta pandemia juntos”, disse Von der Leyen em uma sessão do Parlamento Europeu, em Bruxelas.
A Agência Europeia de Medicamentos (EMA, sigla em inglês) adiantou para 21 de dezembro uma reunião que discutirá a liberação da vacina desenvolvida pela Pfizer e BioNTech. A Comissão afirmou que dará autorização até dois dias depois do sinal verde da EMA.
Emmanuel Macron testa positivo para Covid-19
Rei da Suécia diz que país falhou na estratégia de combate à doença
Arábia Saudita começa vacinação
Festas de fim de ano
O Natal é na próxima semana e a saudade de familiares e amigos é grande. Mas especialistas alertam que com a taxa de contágio da Covid-19 em alta no país, a única forma de ter certeza que você não transmitirá a doença é abrindo mão de uma comemoração presencial. No entanto, há medidas que podem ser tomadas para reduzir o risco, como o uso de máscara, um lugar arejado e mesas separadas. Veja as recomendações para reduzir os riscos de transmissão.
Alergia a vacinas: o que se sabe sobre os 4 casos de reação ao imunizante contra Covid
Temporal em SC
VÍDEO: Temporal deixa mortos e causa estragos em SC
Ao menos 12 pessoas morreram em Santa Catarina durante a forte chuva que atingiu o estado. O temporal provocou enxurrada, alagamentos e deslizamentos de terra em cidades do Vale do Itajaí. Segundo a Defesa Civil estadual, entre as cidades mais afetadas estão Presidente Getúlio, Ibirama Aurora, Ascurra, Rio do Sul e Apiúna. Também há estragos provocados pela chuva na Grande Florianópolis, em São José , Palhoça e Santo Amaro da Imperatriz.
FOTOS: A destruição causada pela chuva em Santa Catarina
Bombeiro diz que desaparecidos perto de córrego estão entre escombros de casas, troncos de árvores e pedras
Assembleia de SP
Vídeo mostra deputado Fernando Cury passando a mão na deputada Isa Penna na Alesp
Um vídeo gravado por câmera da Assembleia Legislativa de São Paulo mostra o deputado estadual Fernando Cury (Cidadania) passando a mão no seio da deputada estadual Isa Penna (PSOL) durante sessão extraordinária para votar o orçamento do estado na noite de quarta-feira (16). A deputada registrou boletim de ocorrência contra o deputado por importunação sexual e pede cassação do mandato de Cury no Conselho de Ética. Em plenário, Cury pediu “desculpas por abraço”. O partido Cidadania diz que analisa o vídeo para tomar providências cabíveis
Caso João Alberto
MP denuncia 6 por morte de João Alberto no Carrefour de Porto Alegre
Seis pessoas foram denunciadas pelo Ministério Público do Rio Grande do Sul (MP-RS) pela morte de João Alberto Silveira Freitas, cidadão negro que foi morto após ser espancado no supermercado Carrefour Passo D’Areia, em Porto Alegre, na véspera do Dia da Consciência Negra. Os dois seguranças acusados das agressões e quatro funcionários do supermercado vão responder por homicídio triplamente qualificado com dolo eventual (motivo torpe, meio cruel e recurso que dificultou a defesa da vítima). O MP incluiu ainda o racismo como forma da qualificação por motivo torpe.
Fora da Olimpíada
A Rússia está proibida de usar o nome, bandeira e hino nas competições dos próximos dois anos, incluindo as Olimpíadas marcadas para Tóquio no ano que vem, os Jogos de Inverno 2022, em Pequim, e a Copa do Mundo de futebol no Catar, também em 2022. Segundo o Tribunal, as autoridades russas adulteraram um banco de dados do laboratório de testes de Moscou antes de entregá-lo aos investigadores da WADA no ano passado, que continha evidências prováveis ​​para processar violações de doping de longa data.
Atletas e times russos poderão competir, mas não com seus uniformes e bandeiras. Confirmado que não estão envolvidos em escândalos de doping, eles poderão participar das Olimpíadas não representando a Rússia, e sim sob um bandeira do Comitê Olímpico Internacional (COI).
Lewandowski bate Messi e Cristiano Ronaldo e é eleito o melhor jogador do mundo
Fato ou Fake
Fato ou Fake: Retrospectiva 2020
Em 2020, a equipe do Fato ou Fake fez 1.010 checagens. Em um ano marcado pela disseminação de mensagens falsas em meio à pandemia do novo coronavírus, foram verificados 584 boatos compartilhados nas redes sociais e 426 frases ditas por políticos, a maioria durante as eleições municipais. Veja no vídeo acima as dez checagens mais acessadas.
Entre os textos, áudios e vídeos propagados na internet e no celular, há boatos que falam de curas “milagrosas”, que questionam a eficácia das máscaras, que propagam mentiras sobre as vacinas em desenvolvimento, que distorcem dados sobre a Covid-19 e que tentam colocar em xeque o isolamento social.
No mundo da lua 🌙
VÍDEO: Sonda chinesa volta à Terra com amostras da superfície da Lua
A sonda chinesa Chang’e 5 voltou à Terra com as primeiras amostras da superfície da Lua coletadas em mais de 40 anos. A sonda voltou com 2kg de solo e rochas lunares e pousou na província da Mongólia Interior, no norte da China. Foi a maior espaçonave já enviada pelo país ao espaço profundo. Veja no vídeo acima.
Alinhamento de Júpiter e Saturno: Como, quando e onde ver a fenomenal conjunção dos planetas
A Boa do dia
Seu João antes e depois do banho de loja e do trato no visual: ‘cabeça boa’
Arquivo Pessoal/Alessandro Lobo
João Coelho Guimarães, de 45 anos, morador de rua e catador de recicláveis de Goiânia, foi reconhecido pela irmã Maria Guimarães depois de passar por uma transformação visual. Ela, que mora em Brasília, conta que procurava pelo irmão há 10 anos e que o identificou ao ler a reportagem do G1. Agora, a família entrou em contato com a empresa que ofereceu o momento de beleza para tentar marcar um reencontro.
“Eu o vi na reportagem e fiquei morrendo de saudade. Queremos conversar com ele e trazê-lo para passar o Natal com a família”, conta Maria.
O Assunto 🎧
Adicionar aos favoritos o Link permanente.