Raia-viola, ameaçada de extinção, é capturada por pescador de forma ilegal em Cananeia, SP


Pescador foi multado em R$3.320. A raia-viola, também conhecida como cação-viola, consta na lista de animais marinhos como criticamente ameaçada de extinção. Espécie consta na lista de animais marinhos como criticamente ameaçada de extinção
Polícia Ambiental Marítima
Uma equipe da Polícia Ambiental flagrou um homem realizando pesca irregular de arrasto de camarão e uma raia-viola morta, também conhecida como cação-viola, espécie que consta na lista de animais marinhos como criticamente ameaçada de extinção. A abordagem aconteceu em Cananéia, no litoral de São Paulo.
Os policiais da Companhia de Polícia Militar Ambiental Marítima flagraram a embarcação no interior da Área de Proteção Ambiental Marinha Litoral Sul, nesta quinta-feira (10). Além da raia, havia 8 kg de camarão sete-barbas na embarcação.
O pescador afirmou que não possuía a autorização necessária para realizar pesca no local. Por isso, o flagrante resultou em dois autos de infração ambiental por ”exercer a pesca sem autorização do órgão ambiental competente” e “pescar espécies que devam ser preservadas”. No total, o pescador terá que pagar R$ 3.320 em multas.
A embarcação e todos objetos de pesca utilizados no crime ambiental foram apreendidos. O pescado a bordo foi recolhido e imediatamente doado a Sociedade Amigos da Velhice de Cananéia, instituição beneficente que atende idosos carentes e em situação de risco da região.
Raia-viola
De acordo com a Polícia Militar Ambiental Marítima, a raia-viola brasileira Pseudobatos horkelii é uma das espécies marinhas mais ameaçadas no Atlântico Sul, especialmente no Brasil.
Com declínios populacionais de mais de 80% nas últimas décadas, o desembarque e comercialização da espécie são proibidos desde 2004 pela legislação brasileira.
Flagrante ocorreu no Interior de Área de Proteção Ambiental Marinha
Polícia Ambiental Marítima
VÍDEOS: Confira os vídeos mais assistidos do G1
Adicionar aos favoritos o Link permanente.