Relator de projeto sobre auxílio ao futebol quer retirar assistência a ex-atletas

O relator do Projeto de Lei 1013/20, deputado Marcelo Aro (PP-MG), recomendou há pouco, no Plenário da Câmara, a rejeição das três emendas do Senado à proposta, que suspende o pagamento do parcelamento de dívidas no âmbito do Programa de Modernização da Gestão e de Responsabilidade Fiscal do Futebol Brasileiro (Profut) durante a pandemia de Covid-19.

Entre as alterações do Senado está a volta da assistência a ex-atletas e atletas em formação, que foi revogada na proposta aprovada pela Câmara. Os recursos para ex-atletas são repassados por meio da Federação das Associações de Atletas Profissionais (Faap) e da Federação Nacional dos Atletas Profissionais de Futebol (Fenapaf). Na prática, essas entidades deixariam de receber automaticamente percentual do salário e do valor correspondente às transferências nacionais e internacionais de atletas.

Mais informações a seguir

Adicionar aos favoritos o Link permanente.