Rio das Ostras, RJ, entra na bandeira vermelha e mantém restrições contra a Covid-19

Indicadores epidemiológicos foram reavaliados durante reunião nesta quinta-feira (10) entre a comissão municipal de enfrentamento à Covid-19 e o Ministério Público. O município de Rio das Ostras (RJ) entrou na bandeira vermelha de combate ao novo coronavírus após uma reunião entre a Comissão Municipal de Enfrentamento da Covid-19 e o Ministério Público nesta quinta-feira (10).
Na reunião, foram reavaliados os indicadores epidemiológicos e de saúde, disponibilizados pela Secretaria Municipal de Saúde. Antes da reunião, o município estava na bandeira Amarelo I.
De acordo com o município, diante das medidas que já vinham sendo tomadas, ficam valendo até a próxima quarta-feira (16) as restrições do Decreto Municipal nº 2720/2020, publicado no Jornal Oficial nº 1258 de 02 de dezembro.
A Prefeitura destacou que o prefeito Marcelino Borba conseguiu junto ao MP manter as medidas do último decreto para evitar ações mais rígidas, mas é preciso a colaboração individual de toda população.
Embora esteja disponível no site oficial as regras específicas da Bandeira Vermelha, ficam valendo até a quarta-feira a proibição de todos os tipos de eventos, pagos ou gratuitos; e o funcionamento de feiras livres, casas de festas, boates e casas de shows com venda ou não de ingressos.
Fica suspensa a execução de qualquer tipo de música, seja ambiente, voz e violão, banda, DJ, entre outros, em diversos estabelecimentos e locais públicos.
As limitações de mesas dos quiosques e demais estabelecimentos – restaurantes, bares, depósitos, bares com serviço completo de gastronomia e lanchonetes, também continuam. Assim como os horários de funcionamento e a proibição da venda e consumo de bebidas alcoólicas em balcões dos estabelecimentos de qualquer natureza, permitindo a comercialização apenas para retirada ou delivery.
A proibição de circulação de pessoas entre meia-noite e 5h também continua, assim como a obrigatoriedade do uso de máscara facial em todo Município.
Adicionar aos favoritos o Link permanente.