São Sebastião faz barreira sanitária contra a Covid-19


Agentes vão medir temperatura e orientar turistas nas entradas da cidade. Segundo a prefeitura, medida é forma de conscientizar contra a disseminação do vírus. Apesar disso, cidade contrariou medida estadual e manteve fase amarela. São Sebastião faz barreira sanitária
Divulgação/Prefeitura de São Sebastião
A prefeitura de São Sebastião começa neste sábado (26) a fazer o bloqueio sanitário na entrada da cidade. De acordo com a gestão, a medida é para conscientizar turistas sobre as ações contra a Covid-19. Apesar da ação, a cidade decidiu contrariar a decisão estadual de retrocesso para a fase vermelha do Plano São Paulo que manteria apenas serviços essenciais.
A barreira acontece nas divisas com Bertioga e Caraguatatuba e segue até o dia 30 de dezembro. Fiscais da prefeitura vão abordar veículos com placas de outras cidades e submeter os passageiros a um questionário da Vigilância Epidemiológica sobre sintomas, fazer medição de temperatura e dar orientação sobre as formas de prevenção.
De acordo com a prefeitura, a barreira é uma medida de conscientização para o turista que chega a cidade. Os fiscais ficam nos locais das 9h até às 17h.
Flexibilização
Na cidade, o prefeito Felipe Augusto (PSDB) negou o endurecimento da quarentena. De acordo com a determinação estadual, para conter a disseminação do vírus no período de festas, apenas os serviços essenciais poderiam funcionar entre os dias 25 e 27 de dezembro e entre 1° e 3 de janeiro.
Em entrevista ao Link Vanguarda, o gestor alegou que tomou a decisão baseada em análises da evolução da pandemia na cidade. De acordo com a última atualização, publicada no dia 23 de dezembro, a cidade tem 2,9 mil casos confirmados e 57 mortes.
Adicionar aos favoritos o Link permanente.