Sem seis zagueiros, Jorginho vai improvisar no Figueirense; veja provável time

O Figueirense põe à prova sua boa fase diante do vice-líder América-MG, em Florianópolis (SC), na noite desta quinta-feira (17). São três vitórias seguidas do time de Jorginho Cantinflas que, depois de 15 rodadas, deixou o Z4 da Série B.

O nd+ acompanha o jogo em tempo real, a partir das 18h45.

Fator Jorginho mudou o panoramo no Scarpelli. Treinador mudou a cara do time que põe a prova sua boa fase diante do vice-líder – Foto: Patrick Floriani/FFC

A missão não é das mais simples, afinal, o Coelho, do folclórico (?) Lisca Doido, soma 53 pontos e, com 13 de vantagem sobre o Sampaio Corrêa, 5º colocado, galopa em direção a Série A 2021.

Não bastasse essa condição, o América-MG ostenta a condição de semifinalista da Copa do Brasil 2020, o que avaliza esse momento mágico da equipe.

Resta um alvinegro

Os desfalques do Figueirense – não só nesse momento, mas ao longo de toda a temporada – são um dos grandes problemas enfrentados pelas diferentes comissões técnicas que, até aqui, ocuparam a casamata alvinegra.

Só na defesa, por exemplo, o Figueirense não terá seis zagueiros: Alemão, Victor Carvalho e Paulo Ricardo, todos lesionados, não jogam. Matheus Brunetti, que é zagueiro de origem e poderia atuar na função, também está vetado. Guilherme Thiago, que foi diagnosticado com a Covid-19 nesta terça-feira (15), está em isolamento e é outra ausência.

Vitor Mendes, suspenso pelo 3º cartão amarelo, junta-se aos demais. Jhonatan Silva, que foi emprestado pelo São Paulo, chegou ao clube no 2º semestre. São oito jogos e dois gols marcados, sendo um deles, antes do meio-campo, o que também pode ser lembrado como o que “só Pelé não fez”.

Não param por aí

Talvez seja exatamente isso que até engrandece o feito do técnico Jorginho. Os problemas da equipe não param por aí já que as lesões ceifam opções em todos os setores do campo: os volantes Geovane e Arouca, os laterais Thiaguinho e Matheus Brunetti – que é zagueiro de origem, e os meias Dudu e Marquinho, lesionados, também não jogam.

Na contramão, afinal também é possível ter boas notícias, são os retornos do meia Léo Artur e do atacante Lucas Barcelos. Eles treinaram ao longo da semana e podem ser opção.

Quem também volta é o volante Matheus Neris que tende a ser a opção escolhida para compor o miolo da zaga ao lado de Jhonatan.

O Figueirense deve entrar em campo com: Rodolfo Castro; Everton Santos, Matheus Neris, Jhonatan e Renan Luís; Patrick, Nonato e Léo Artur; Bruno Michel, Alecsandro e Diego Gonçalves (Lucas Barcelos).

Coelho empolgado

O América vive grande fase na temporada e isso não chega a ser, necessariamente, uma novidade. Apesar dessa condição, o técnico Lisca terá que “driblar” as ausências ocasionadas pela Covid-19, lesões e suspensões.

América finalizou seu trabalho para o jogo diante do Figueirense – Foto: João Zebral/América FC/divulgação

São, pelo menos, cinco ausências para o jogo agendado para esta quinta, às 19h15, no estádio Orlando Scarpelli.

Além do volante Flávio, o Coelho terá cinco desfalques. O lateral-direito Diego Ferreira e o volante Zé Ricardo se recuperam de lesão muscular na coxa esquerda. O meia Guilherme faz tratamento de contusão no ombro direito. Já o volante Juninho e o meia Alê cumprem isolamento social devido à COVID-19.

Para o goleiro Matheus Cavichioli, a boa fase do Figueirense pode ser um trunfo do Coelho. O arqueiro palpitou que o Furacão, embalado pelas três vitórias, tome as ações da partida e, dessa forma, reste o espaço para o time visitante.

“Melhor para gente quando a equipe vem disposta a jogar. Isso nos faz jogar também. O problema é quando a equipe vem fechada, fica tentando jogar só nos erros, na transição em contra-ataques”.

O América dever ir a campo com: Matheus Cavichioli; Daniel Borges, Messias, Anderson, João Paulo; Sabino, Geovane, Marcelo Toscano (Calyson); Ademir, Felipe Azevedo e Rodolfo.

FICHA TÉCNICA

Figueirense: Rodolfo Castro; Thiaguinho, Matheus Neris, Jhonatan e Renan Luís; Patrick, Nonato e Léo Artur; Bruno Michel, Alecsandro e Diego Gonçalves (Lucas Barcelos).

América-MG: Matheus Cavichioli; Daniel Borges, Messias, Anderson, João Paulo; Sabino, Geovane, Marcelo Toscano (Calyson); Ademir, Felipe Azevedo e Rodolfo.

Local: estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis (SC). Data: 17/12/20. Hora: 19h15.

Arbitragem: Vinicius Furlan (SP); auxiliado por Daniel Paulo Ziolli (SP) e Luiz Alberto Andrini Nogueira (SP).

Adicionar aos favoritos o Link permanente.