STF pressionando o governo federal

Está ficando cômico para não dizer trágico. O ministro Lewandovski deu 48 horas para que o ministro da Saúde , Pazzuelo, anuncie o início e término do Plano Nacional de Vacinação contra a covid19. Como assim? Determinar uma data de início da vacinação ainda sem o registro da Anvisa? Como anunciar o dia se ainda não há uma vacina liberada…ou seja, o STF entrou no mesmo ritmo da política interesseira e manipuladora do governador de São Paulo, que anunciou o início de uma vacinação sem a legalização da vacina. Um plano nesse momento de vacinação se faz obrigatório e fundamental, mas com responsabilidade e não pressão politiqueira inconsequente, inclusive, embalada pelo STF. Não seria mais conveniente unir forças do que testar forças num momento em que a maior prejudicada é a população? Fica claro a interferência rasteira do STF alimentada por uma política contaminada por interesses.

Adicionar aos favoritos o Link permanente.