Suprema Corte dos EUA rejeita ação do Texas para reverter derrota de Trump nas eleições

Negativa representa mais uma derrota para o republicano. A Suprema Corte dos Estados Unidos negou nesta sexta-feira (11) o pedido do procurador-geral do Texas para anular o resultado das eleições presidenciais em estados-chave que deram vitória a Joe Biden, informou a Reuters. É mais um revés da tentativa do presidente Donald Trump, que tenta reverter a derrota nas urnas.
Na ação, o Texas alegava que as regras de voto por correspondência na Geórgia, em Michigan, na Pensilvânia e em Wisconsin não eram justas. Biden venceu nesses quatro estados em novembro — em todos eles, Trump havia saído vencedor em 2016.
Reportagem em atualização
Adicionar aos favoritos o Link permanente.