Suspeito de tráfico de drogas é preso com cocaína escondida em caminhonete na BR-420; ele usou nome do irmão


Caso aconteceu em trecho de Santo Amaro, no recôncavo da Bahia. Suspeito relatou que saiu de São Paulo e o destino final seria Feira de Santana, cidade que fica a 100 quilômetros de Salvador. Suspeito de tráfico de drogas é preso com cocaína escondida em caminhonete na BR-420
Divulgação / PRF
Um homem de 44 anos suspeito de tráfico de drogas foi preso com cerca de 14 kg de cocaína escondidas dentro de uma caminhonete, na BR-420, em trecho de Santo Amaro, no recôncavo da Bahia. Conforme a Polícia Rodoviária Federal (PRF), ele tentou se passar pelo irmão durante a abordagem policial.
O caso aconteceu na última quarta-feira (23). Segundo a PRF, as diligências iniciaram quando as forças policiais, por meio de análise criminal, mobilizaram ações para averiguar denúncia de tráfico de drogas.
De acordo com o órgão, as equipes da PRF viram um veículo considerado suspeito na altura do quilômetro Km 260 da BR-101, em Santo Antônio de Jesus, quando teve início um acompanhamento tático. Logo em seguida, os policiais pararam uma caminhonete na BR-420, em trecho de Santo Amaro e fizeram uma fiscalização detalhada.
Durante a abordagem, o motorista de 44 anos, entregou a carteira de habilitação e desconfiados os policiais resolveram fazer uma averiguação minuciosa no documento, quando descobriram que ele tentou se passar pelo irmão, o que foi logo constatado ser uma informação falsa.
Na entrevista, as equipes estranharam o comportamento e a história contada pelo motorista e ao vistoriar a caminhonete, encontraram a droga escondida em compartimento oculto do carro, que após o teste com reagentes químicos, confirmaram se tratar de cocaína pura (cloridrato).
O homem foi preso em flagrante e relatou que saiu de São Paulo e o destino final seria a cidade baiana de Feira de Santana, cidade que fica a 100 quilômetros de Salvador. Entretanto, ele teria se perdido durante o trajeto e acabou parando em Santo Amaro.
A PRF informou que com a apreensão, o prejuízo ao narcotráfico é de quase R$ 1,7 milhões.
A ocorrência conjunta foi registrada na Delegacia da Polícia para os procedimentos cabíveis. Além de responder por tráfico de drogas, o homem responderá também por falsidade ideológica.
Segundo caso em menos de uma semana
Esta é a segunda ocorrência de apreensão de cocaína realizada pela PRF nos últimos 7 dias nas estradas federais do estado. Em 17 de dezembro, um casal foi preso com 62 quilos de cocaína, em um veículo, na cidade de Vitória da Conquista.
Ao revistar o compartimento de carga, a equipe encontrou os tabletes de cocaína escondidos em um fundo falso da caminhonete.
Após ser questionado, o motorista de 34 anos relatou que receberia R$ 15 mil para transportar a cocaína até a capital baiana.
Confira mais notícias do estado no G1 Bahia.
Assista aos vídeos do Bahia Meio Dia 💻
Adicionar aos favoritos o Link permanente.