Teresina registra dois homicídios em menos de 3 horas e quatro nas últimas 24 horas


Até o momento, ninguém que tenha envolvimento com os assassinatos foi preso pela polícia. Os casos serão investigados pelo DHPP. Francisco de Assis Marques, de 29 anos, foi morto na Vila Irmã Dulce, Zona Sul de Teresina
Raví Marques/ TV Clube
Dois homicídios foram registrados em menos de 3 horas na capital piauiense, na tarde desta sexta-feira (11). Um aconteceu no bairro Parque Sul e o segundo na Vila Irmã Dulce, os dois na Zona Sul de Teresina. Em menos de 24 horas, a cidade teve quatro assassinatos.
Os casos serão investigados pelo Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP). Até o momento, ninguém que tenha envolvimento com os assassinatos foi preso pela polícia.
No primeiro caso, um homem, ainda não identificado, foi morto a tiros enquanto trabalhava como servente de pedreiro em uma casa no bairro Parque Sul. A TV Clube apurou que a vítima saiu na rua, quando os criminosos atiraram. Ele correu para a residência onde trabalhava e faleceu.
A segunda vítima foi Francisco de Assis Marques, de 29 anos. Ele foi atingido por três disparos de arma de fogo no meio da rua, no bairro Vila Irmã Dulce. A polícia ainda não obteve informações sobre como ocorreu o crime.
Outros assassinatos
O primeiro homicídio registrado nesta sexta-feira aconteceu na Avenida Presidente Kennedy, Zona Leste de Teresina. Antônio Gabriel Teixeira Ferreira, de 22 anos, foi perseguido e morto com sete tiros. Ele é primo de Yastone Macally, um jovem de 25 anos morto com vários tiros no bairro Piçarreira, no dia 24 de novembro.
Corpo de homem foi encontrado em rua no Centro de Teresina
Helder Vilela/TV Clube
O segundo foi no Centro de Teresina. Flávio Willame da Silva, de 33 anos, foi morto com dez disparos de arma de fogo na Rua João Cabral, próximo à Avenida Miguel Rosa, quando foi abordado por dois homens. Ele respondia judicialmente pela morte do cabo Claudemir de Paula Sousa, em dezembro de 2016.
VÍDEOS: Confira as notícias mais vistas do Piauí
Adicionar aos favoritos o Link permanente.