Última parcela do IPTU 2020 vence nesta terça-feira em BH


É possível obter a guia de recolhimento no portal de serviços da Prefeitura de Belo Horizonte, pelo aplicativo ou nos Correios. Hoje é o último dia para pagar a guia do IPTU 2020.
Danilo Girundi / TV Globo
Os contribuintes de Belo Horizonte que vêm pagando o Imposto Predial Territorial Urbano 2020 (IPTU) de forma parcelada têm até esta terça-feira (15) para quitá-lo sem a cobrança de acréscimos.
O pagamento da última parcela do imposto pode ser feito por meio da guia encaminhada pela Prefeitura em junho, contendo os códigos de barras das parcelas.
Também é possível obter a guia de recolhimento no portal de serviços da Prefeitura de Belo Horizonte, pelo aplicativo PBH APP (disponível para as plataformas iOS e Android) ou nas agências dos Correios.
Caso o contribuinte atrase no pagamento, ele pode ter sue nome inscrito na Dívida Ativa do Município. No caso de inscrição, serão aplicados à dívida 1% de juros ao mês, 25% de multa mais a correção monetária.
Prorrogação do IPTU
A Prefeitura de Belo Horizonte publicou, em 18 de novembro, o decreto que prorroga até 30 de julho de 2021 as datas de vencimento das parcelas de abril a dezembro do IPTU/2020 e das taxas imobiliárias (TCRU e TFAT) cobradas com este imposto, bem como das taxas mobiliárias (TFLF, TFS e TFEP) que tinham vencimento em 10 e 20 de maio de 2020, para as empresas que tiveram suspensos os seus Alvarás de Localização e Funcionamento ou autorizações de funcionamento, por causa da pandemia.
Os tributos de abril a dezembro das empresas poderão ser pagos em até 6 vezes, a partir de 30 de julho do próximo ano. A prefeitura vai prorrogar o pagamento de R$ 150 milhões, que é o saldo devedor em aberto das empresas beneficiadas pelo novo decreto.
“É importante frisar que, para ter o direito à prorrogação das parcelas de abril a dezembro, as empresas que tiveram suspensos os Alvarás de Localização e Funcionamento precisam quitar as parcelas relativas a fevereiro e março deste ano que por ventura estejam em aberto”, diz o diretor de lançamentos e desonerações tributárias da Secretaria Municipal de Fazenda, Fernando Huber.
Os vídeos mais vistos no G1 Minas nesta semana:
Adicionar aos favoritos o Link permanente.