UPA Carlos Lourenço retoma atendimento exclusivo de Covid-19 a partir de 18 de dezembro


Atendimento espontâneo será suspenso nesta quinta-feira (17), às 19h. Medida foi anunciada pela prefeitura junto com suspensão das cirurgias eletivas e teve como motivo o aumento dos casos de novo coronavírus no município. UPA Carlos Lourenço inicia atendimento 24 horas aos finais de semana, em Campinas (SP)
Carlos Bassan/Prefeitura de Campinas
O atendimento espontâneo na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Carlos Lourenço, em Campinas (SP), será suspenso às 19h desta quinta-feira (17) para preparação do local, que vai receber apenas pacientes com novo coronavírus a partir desta sexta (18).
Segundo a Secretaria de Saúde de Campinas, a unidade passará por limpeza e ficará fechada por 12 horas para ser preparada para o atendimento exclusivo de coronavírus.
Na fase mais aguda da pandemia, a unidade já tinha se tornado exclusiva para Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus. No entanto, retornou, em 1 de setembro, à atividade normal de urgência e emergência por conta da redução da taxa de transmissão na cidade.
Com o novo aumento de casos e óbitos, a prefeitura entendeu que o local deve reforçar novamente o combate à pandemia na cidade.
“Na avaliação da Rede Mário Gatti de Urgência, Emergência e Hospitalar, responsável pela gestão da unidade, neste período de intensificação da pandemia há uma necessidade maior de leitos de menor complexidade, por isso a conversão”, informou a pasta, em nota.
Segundo a secretaria, os pacientes que precisarem de atendimento de outras doenças devem procurar a UPA São José ou o Hospital Municipal Dr. Mário Gatti.
Estrutura
A UPA terá 28 leitos para pacientes com Covid-19, sendo 25 destinados à retaguarda clínica e três de suporte ventilatório para estabilização dos pacientes antes de transferência para a UTI.
“Os leitos serão 100% regulados e os pacientes só serão admitidos depois de avaliados em outro local e encaminhados pela Central de Regulação, ou seja, os pacientes não podem ir espontaneamente”, ressalta a prefeitura.
Veja mais notícias da região no G1 Campinas
Adicionar aos favoritos o Link permanente.