Usiminas anuncia retomada do Alto-Forno 2 de Ipatinga a partir de junho de 2021


A decisão foi aprovada pelo Conselho de Administração da companhia e anunciada nesta quinta-feira (17). Altos-Fornos da Usiminas de Ipatinga
Usiminas/Divulgação
A Usiminas anunciou nesta quinta-feira (17) que irá retomar as operações do Alto-Forno 2 da Usina de Ipatinga. O equipamento, que está previsto para voltar a produzir em junho de 2021, estava paralisado desde abril devido à pandemia.
Segundo a siderúrgica, a decisão foi aprovada pelo Conselho de Administração da companhia e a previsão é de um investimento de R$ 67 milhões, que serão destinados à manutenção do Alto-Forno.
Com a volta do forno, segundo a Usiminas, a usina voltará a operar a plena carga de produção de ferro gusa. O Alto-Forno 2 tem capacidade de produzir, diariamente, duas mil toneladas.
“A medida é mais uma ação da companhia visando o melhor atendimento aos nossos clientes locais. Nos últimos meses, temos realizado quase a totalidade das nossas vendas no mercado nacional e trabalhado de forma a contribuir para o avanço da indústria e pela volta do crescimento do Brasil”, disse o presidente da Usiminas, Sérgio Leite.
Em agosto deste ano, a visita do presidente Jair Bolsonaro e do governador de Minas, Romeu Zema, marcou a retomada do Alto-Forno 1 que também estava desativado devido à pandemia.
VÍDEOS: mais assistidos do G1 nos últimos dias
Veja mais notícias da região em G1 Vales de Minas Gerais.
Adicionar aos favoritos o Link permanente.