Veja fotos do macaco-prego resgatado no Extremo-Oeste de SC

Uma fêmea jovem de macaco-prego foi resgatada pela PMA (Polícia Militar Ambiental) de São Miguel do Oeste. A “macaquinha” foi encontrada por uma moradora no interior de Itapiranga, no Extremo-Oeste de Santa Catarina. – Foto: Polícia Militar Ambiental/Divulgação

A fêmea foi levada pela moradora ao Hospital Veterinário da Uceff de Itapiranga, mas por se tratar de um animal silvestre, a PMA a transferiu para o Núcleo de Estudos da Vida Selvagem (NEVS) do Hospital Veterinário da Udesc de São Miguel do Oeste. – Foto: Polícia Militar Ambiental/Divulgação

Ela estava bastante debilitada e desidratada, mas está recebendo todos os cuidados necessários pela equipe de médicos veterinários e biólogos do Hospital Veterinário. Inclusive, sua energia e curiosidade (característicos dos macacos) já estão voltando ao normal. – Foto: Polícia Militar Ambiental/Divulgação

A macaquinha foi avaliada pelos profissionais e está recebendo todos os cuidados necessários. Ela passará por um processo de reabilitação para voltar ao seu habitat natural. – Foto: Polícia Militar Ambiental/Divulgação

O macaco-prego (Sapajus nigritus) é um dos mais comuns primatas da América do Sul. Eles são encontrados na América do Sul, desde regiões amazônicas, até o sul do Paraguai e norte da Argentina e por todo o Brasil. São muito adaptáveis e vistos geralmente em florestas úmidas até savanas e o semiárido. – Foto: Polícia Militar Ambiental/Divulgação

Em geral são macacos de porte médio e pesam entre 1,3 kg e 4,8 kg, com até 48 cm de comprimento. A cor da pelagem varia entre as espécies. O cérebro pesa, aproximadamente, 71 gramas e é anatomicamente complexo. O crânio e os dentes facilitam a ingestão de alimentos duros e difíceis de mastigar. – Foto: Polícia Militar Ambiental/Divulgação

Adicionar aos favoritos o Link permanente.