Vídeo mostra GCMs sendo baleados em tentativa de assalto que deixou um morto no litoral de SP


Guarda Celso Sidnei da Assunção, de 49 anos, morreu no local. Polícia trabalha para localizar suspeitos do crime. Vídeo mostra GCMs sendo baleados em tentativa de assalto que deixou um morto em Santos, SP
Câmeras de segurança flagraram o momento em que dois guardas municipais foram baleados, enquanto faziam a escolta de um caminhão de entregas na Zona Noroeste de Santos, no litoral de São Paulo. As imagens foram obtidas pelo G1 neste sábado (12). O guarda Celso Sidnei da Assunção, de 49 anos, morreu no local. Outras duas pessoas ficaram feridas.
O caso ocorreu nesta sexta-feira (11), na Rua Vereador Álvaro Guimarães, no bairro Rádio Clube. Os guardas estavam de folga e faziam escolta particular de um caminhão que transportava ração. O veículo parou na via para fazer a entrega quando, por volta das 9h30, os GCMs foram surpreendidos por dois bandidos, que chegaram para roubar o caminhão e passaram a atirar contra a dupla.
Guardas foram atingidos por disparos enquanto faziam escolta de caminhão de entrega
Reprodução
Em um vídeo gravado pela câmera de monitoramento de uma loja da rua, é possível ver que o primeiro guarda a aparecer nas imagens vem correndo pela calçada e cai no momento em que é atingido por um dos disparos. Em seguida, Celso aparece se arrastando no chão e tentando se levantar, mas parece ser atingido por mais tiros. Ele acabou morrendo no local.
Na delegacia, a Polícia Militar informou que a vítima teria sido atingida, aparentemente, por 11 disparos. O outro guarda, de 42 anos, foi atingido por pelo menos três tiros na perna. Segundo a PM informou ao G1, uma mulher que passava pela rua, e que trabalha naquela região, também foi atingida na coxa esquerda por um dos disparos.
Crime ocorreu na Rua Vereador Álvaro Guimarães, na Zona Noroeste de Santos, SP
Arquivo Pessoal
As duas vítimas sobreviventes foram encaminhadas pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) à Santa Casa de Santos, onde foram atendidas pela equipe multiprofissional no Complexo de Urgência e Emergência. O estado de saúde deles não foi divulgado.
Logo após o crime, os dois bandidos fugiram a pé. Um deles roubou a arma de Celso, segundo a Polícia Civil. O caso foi registrado no 5º Distrito Policial de Santos, e seguirá sob investigação pelo Departamento de Homicídios de Proteção à Pessoa (DHPP).
VÍDEOS: Mais assistidos do G1 nos últimos 7 dias
Adicionar aos favoritos o Link permanente.