Vigilância Sanitária fecha 9 locais em Fortaleza por desrespeito às medidas sanitárias da Covid-19


Durante o fim de semana, foram 23 locais fiscalizados e 400 pessoas abordadas pelo não uso de máscara, segundo a Secretaria de Saúde. Ruas do Centro de Fortaleza têm aglomeração e pessoas sem máscaras, contrariando decreto estadual
José Leomar/SVM
Nove estabelecimentos foram interditados devido ao desrespeito das recomendações, no fim de semana, dos 23 fiscalizados pela Vigilância Sanitária. Nenhuma pessoa chegou a ser autuada, aponta a Secretaria de Saúde do Ceará.
Dos locais vistoriados, dois sofreram advertências para seguir as recomendações sanitárias, enquanto 8 foram autuados. As vistorias ocorrem enquanto o Ceará apresenta crescimento nos números de pessoas positivadas para Covid-19 em 19 das 22 áreas de saúde. As infrações só são registradas em caso de aglomerações nos estabelecimentos e a permissão da entrada de pessoas sem máscaras.
Foram oito estabelecimentos fiscalizados ainda na noite de sexta, com metade desses funcionando conforme o decreto. No sábado (12), as vistorias ocorreram em 5 estabelecimentos, enquanto no domingo (13), o número subiu para 10.
Fiéis se aglomeram na Paróquia de Fátima em dia de homenagem à santa
Comércio poderá funcionar de 9h às 23h
Festas e eventos estão proibidos no Natal e réveillon no Ceará
Segundo a Secretária de Vigilância e Regulação da Sesa, Magda Almeida, a ação ocorre para evitar eventos disseminadores do coronavírus, mas conta principalmente com o apoio da população no cumprimento das recomendações de prevenção.
“A fiscalização foi intensificada, mas ela só é necessária quando as medidas não são cumpridas”, reforça.
As vistorias fazem parte da Operação Fim de Ano Seguro, criada a fim de intensificar a fiscalização. A iniciativa está sendo desenvolvida em parceria com a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), Ministério Público do Estado (MPCE), Agência de Fiscalização de Fortaleza (Agefis) e vigilâncias sanitárias municipais.
Ocorrências
Na noite de domingo (13), a Polícia Militar do Ceará (PMCE) flagrou e encerrou a realização de festa irregular na CE 085, em Caucaia, sem nenhuma prisão. Conforme o órgão, o público foi dispersado, sendo orientado a retornar para as respectivas residências, e os agentes encontraram uma arma de fogo em matagal próximo da localidade da festa, que foi levada para a Delegacia Municipal de Caucaia (DMC).
No sábado (11), cerca de 700 pessoas foram encontradas aglomeradas em festa, conhecida como “Pagode do Sigilo”, na avenida Pedro Lazar, no bairro Cambeba, em Fortaleza. Grupo fazia consumo de bebida alcoólica e participantes foram dispersados por policiais militares do Batalhão de Policiamento de Meio Ambiente (BPMA) e contou com a atuação da Agência de Fiscalização de Fortaleza (AGEFIS).
Devido ao descumprimento das medidas de prevenção ao coronavírus, o estabelecimento foi fechado e os dois sócios responsáveis pelo local receberam voz de prisão. Conforme a Polícia Militar do Ceará, ambos foram conduzidos ao 13º Distrito Policial (DP).
Denúncias
Para realizar denúncias de desrespeito às medidas de prevenção é possível entrar em contato com os seguintes órgãos:
Agência de Fiscalização de Fortaleza (Agefis): 156
Vigilância Sanitária do Município: 150, 3252.2155 ou 3252.1571
Vigilância Sanitária do Estado do Ceará e Central da Plataforma Ceará Transparente: 150 ou 0800.275.1520
Polícia Militar: 190
Ministério Público do Ceará: 127 ou 0800.28.11.553
Ouvidoria Geral do SUS: 136
Assista às notícias do Ceará no G1 em 1 minuto:
Adicionar aos favoritos o Link permanente.